Passeio por Nova York – Uptown


Olá viajante!

Antes de prosseguir com esse texto, gostaríamos de convidá-lo a ler dois posts. O primeiro é um Guia Básico sobre Manhattan, onde falamos sobre as regiões do mais famoso distrito de Nova York. O segundo é sobre como escolher a melhor hospedagem para você. Se já viu esses dois textos ou se não tem dúvidas quantos a esses assuntos, boa leitura!

Nesse post falaremos sobre as principais atrações para turistas em Nova York. Acreditamos que a seleção dos lugares para ir na cidade devem levar em consideração o número de dias da viagem e os tipos de passeio que mais agradam o viajante. Assim, falaremos de vários, para que possa atender aos diversos gostos (e bolsos).

Essa terceira parte será dedicada a terceira região do distrito de Manhattan em New York: Uptown. Você já leu nossos posts sobre Downtown e MidTown?

City Tour

Nossa primeira sugestão ao viajante é se familiarizar com a cidade. Para isso sugerimos um city tour. Em Nova York recomendamos a Gray Line New York Sightseeing.

Ela oferece passes válidos para dois dias ou três dias. Por mais estranho que pareça, o valor é o mesmo para as duas opções (59 dólares – valores de 02/3/2018).

São duas linhas em Manhattan (Downtown/Midtown e Uptown), com 43 pontos de parada. Ao comprar o passe de 3 dias você poderá usar o primeiro dia para conhecer Downtown e Midtown, o segundo dia para Uptown e o terceiro dia para fazer o tour pelo Brooklyn ou rever algum lugar.

Uptown

É em Uptown que está localizado o parque mais famoso de Nova York: O Central Park. O parque ocupa toda a região central da ilha de Manhattan, da rua 59 à rua 110, entre a 5ª e a 8ª avenida, dividindo a ilha em dois lados: Upper East Side e Upper West Side. As duas áreas são de luxo. No lado Leste predominam moradores das famílias mais tradicionais, enquanto o lado Oeste tem predominância de uma população mais jovem, formada por ricos executivos e artistas.

Upper East Side

Upper East Side não possui o agito e movimentação das outras regiões de Manhattan. É uma área praticamente residencial e calma. Mas isso não significa que a área não merece uma visita.

Em Upper East Side, na área do Central Park, fica o maior museu da cidade: o The Metropolitan Museum of Art, apelidado pelos novaiorquinos carinhosamente de The Met.  O museu funciona de segunda à quinta das 10h às 17h30 e as sextas e sábados das 10h às 21h. Os ingressos custam $ 25. e podem ser comprados no site do museu.

Outro museu famoso localizado em Upper East Side é o Solomon R. Guggenheim, famoso por sua arquitetura em linhas curvas. O museu funciona aos domingo, segundas, quartas e sextas das 10h às 17h45 e aos sábados das 10h às 19h45. Aos sábados, a partir das 17h45 a entrada no museu é colaborativa e o visitante paga quanto desejar. Nos demais dias e horários o valor do ingresso é de $ 25. Ah, as quintas-feiras o Museu não abre ao público.

Upper West Side

Upper West Side não tem o agito da Times Square. Mas é um bairro mais agitado, com mais opções de vida noturna, bares e restaurantes, do que em Upper East Side. É nessa região da cidade que fica o Lincoln Center, um complexo que abriga o New York City Opera e Ballet, a Metropolitan Opera e a New York Philarmonic; o Edifício Dakota, prédio onde morava o cantor John Lennon e o Museu de História Natural, que possui a maior coleção do mundo de fósseis de dinossauros. O ingresso básico para o museu custa $ 23. Reza a lenda que esse valor é “sugerido”, ou seja, você paga na verdade quanto quiser para entrar no museu. Não tive coragem de testar e achei justo ter pago o valor “sugerido” em minha visita. Há outras opções de ingressos mais caras, que incluem exibições especiais.

Central Park

O Central Park, inaugurado em 1858, é o principal, maior e mais famoso parque em Nova York. Cada época do ano o parque tem uma aura e cara diferente. Mas é no verão americano que o parque lota. Os novaiorquinos aproveitam para fazer piqueniques, deitar nos gramados, tomar sol ou simplesmente ler um livro ou observar a paisagem e descansar…

O parque também possui alguns lugares que podem ser visitados, como por exemplo o Zoológico (a entrada custa $18.), o Strawberry Fields (memorial construído em homenagem ao cantor John Lennon) e o Belvedere (um castelo construído em 1865 e localizado no ponto mais alto do parque). Com relação ao Castelo Belvedere abro aqui um parêntese. O castelo fechou para restaurações no final de fevereiro e deve ser aberto para visitação apenas em 2019. O Parque conta ainda com diversas fontes, obelisco, esculturas, jardins e até um carrossel. Para saber mais sobre o parque, visite a página do Central Park Conservancy.

Upper Manhattan

Na área ao norte do Central Park, acima da 110th St. fica Upper Manhattan. A região é formada basicamente pelo bairro Harlen. Considerado um bairro predominantemente afro-americano, o Harlen tem ganhado visitantes e destaques entre os turistas. O bairro está repleto de Igrejas Gospel, onde é possível assistir a um culto com os famosos corais de vozes, restaurantes que servem soul food e casas de jazz. A rua mais conhecida do bairro é a Dr. Martin Luther King Jr Boulevard. É lá que fica o Hotel Theresa (que atualmente é um prédio de escritórios), o Cotton Club e o Apollo Center.

Entre as igrejas do Harlen, destaco três: 1st Corinthian Baptist ChurchAntioch Baptist Church e Greater Refuge Temple

Em nosso próximo texto falaremos sobre os outros Distritos de New York.

Vai viajar? Fale com a gente. Teremos o maior prazer em planejar a viagem perfeita para você!

Deixe uma resposta