Como alugar um carro no exterior?

Alugar um veículo é muito mais fácil do que a maioria dos viajantes imagina. Mas embora seja fácil, algumas dicas e “macetes” são importantes para economizar dinheiro na locação, não cair em armadilhas e ainda não correr o risco de ter de pagar taxas e tarifas extras.

Podemos dividir o processo de locação em cinco etapas:

  1. Você escolhe as datas, horários e o lugar em que irá retira e devolver o veículo;
  2. Escolhe o tipo de veículo (chamado de “grupo” ou “categoria”) e os opcionais;
  3. Fornece os dados do condutor e finalizar a reserva;
  4. No dia escolhido, faz a retirada do veículo e
  5. Até a data e horário limite devolve o veículo no local escolhido na reserva.

Localização da Locadora

O primeiro passo antes de alugar um veículo é definir o local e data de retirada e devolução do veículo. Se a retirada for em um aeroporto, verifique se a loja da locadora fica realmente no aeroporto. Há algumas locadoras que na verdade atendem fora do aeroporto e o viajante deverá utilizar um serviço de transporte para chegar até o local em que retirará o veículo. Isso pode ser um transtorno, principalmente se você tiver com muitas malas ou crianças. Então, a localização da agência da locadora é o primeiro item a ser observado na locação.

Se a devolução do veículo for no mesmo local da retirada, não haverá maiores preocupações. No entanto se a devolução for em outra cidade, estado ou aeroporto, verifique se não há taxas extras. Normalmente as locadoras cobram um adicional  para receber o veículo alugado em lugar diferente do da retirada.

Requisitos para a Locação

É preciso também verificar se o condutor do veículo atende aos requisitos da locadora, como por exemplo idade mínima exigida (geralmente 21 anos, podendo chegar até 25 anos) e tempo mínimo de habilitação (normalmente 2 anos).

Possuir um cartão de crédito internacional também será necessário para retirar o veículo na locadora. Essa é a garantida da locadora que você irá pagar a franquia em caso de acidente. Esse valor varia conforme a locadora e normalmente é informado no momento da reserva.

Como escolher o tipo certo de veículo

Chegou a hora de escolher o veículo certo para você, adequado ao tipo da viagem, número de pessoas e quantidade de bagagem. Cada locadora possui preferência por determinada montadora e as classificações de categoria e grupo podem variar. Importante ressaltar que o modelo do veículo indicado na reserva é meramente indicativo, podendo variar.

Para escolher o grupo de veículo ideal para você, o primeiro passo é saber o número de pessoas que irão ser transportadas. Se for por exemplo um casal, um carro econômico ou compacto pode ser uma boa opção. Dois casais, ou quatro pessoas, já exige um carro maior, principalmente se houver muita bagagem. Neste caso, o ideal é um veículo maior, “full size”, SUV ou Minivan.

Os principais grupos e tipos de veículo oferecido pelas locadoras são:

  • Econômico – comporta até 4 passageiros e uma mala;
  • Compacto – comporta até 4 passageiros e duas malas;
  • Intermediário – comporta até 5 passageiros e duas malas;
  • Standard – comporta até 5 passageiros e três malas;
  • Fullsize – comporta até 5 passageiros e três malas;
  • Premium/Luxo – comporta até 5 passageiros e três malas;
  • SUV – comporta até 5 passageiros e duas malas;
  • Minivan – comporta até 7 passageiros e três malas;
  • Van – comporta até 8 passageiros e três malas (com opções até 15 passageiros);
  • Utilitário – comporta até 4 passageiros e duas malas;
  • Conversível – comporta até 4 passageiros e uma mala.

Essa “capacidade” é indicada pelas locadoras como garantia de conforto. Se apertar, até cabem mais malas e passageiros do que a locadora indica…

O segredo é ser criativo: um carro compacto pode levar 5 passageiros sem malas. Um econômico dá para transportar dois passageiros e 6 malas (duas pequenas no porta-malas e quatro médias no banco de trás). Já vi Minivan levar quatro passageiros e 12 malas : duas malas médias e uma mala de mão para cada um.

Por outro lado, já vi gente desesperada no estacionamento do hotel, tentando colocar mais malas do que cabiam no carro. Tiveram que chamar um táxi para levar o que não coube… Então, escolha bem o modelo do carro, para que não tenha surpresas na hora de voltar pra casa. Avalie a quantidade de compras que irá fazer e de malas que irá transportar, para alugar o veículo certo para você!

Tarifas e Opcionais

Verifique o que está incluído na tarifa:

  • A quilometragem é livre ou há adicional por quilômetro rodado?
  • Estão incluídos os seguros contra roubo, colisão e terceiros?
  • E as taxas administrativas, impostos e eventuais taxas governamentais?
  • Há cobrança para motorista adicional?
  • Está incluída na tarifa a taxa para utilização do sistema de cobrança automático nos pedágios?
  • O veículo possui GPS ou o aluguel do equipamento é cobrado à parte?

Normalmente a proteção de pneus, rodas e vidros não está incluída no valor da locação. O mesmo vale para a assistência em caso de pane, chamado de “road service”. Verifique os valores adicionais para esse tipo de assistência.

Verifique ainda se deverá ser efetuado algum pagamento adicional para a locadora no momento da retirada do veículo e, em caso de já haver cobertura de seguro, qual o valor da franquia a ser paga em caso de sinistro (sinistro é o nome que as seguradoras dão às ocorrências que envolvam danos ao veículo como colisão, incêndio, furto, roubo, etc) .

Seguros

Tem sido cada vez para comum os valores das diárias de locação de veículos já incluírem os seguros e proteção de terceiros. Esses seguros normalmente inclui o furto, roubo, incêndio e danos ao veículo em caso de acidentes ou colisão, além de danos à terceiros. É importante verificar o valor da franquia a ser paga em caso de sinistro e o valor da cobertura.

Um seguro que normalmente não está incluído nas cotações é o EP (adicional por passageiro). Enquanto o seguro normalmente incluído nas cotações inclui os danos materiais, o EP cobre as lesões corporais dos passageiros. Caso seja de seu interesse contratar esse seguro, verifique no momento da reserva se ele é oferecido ou se apenas no momento da retirada do veículo deverá fazer essa inclusão.

Os cartões de crédito costumam oferecer gratuitamente seguro para aluguel de veículos pagos com cartão de crédito. Neste caso, é obrigatório que o seguro da locadora seja recusado no momento da retirada do veículo. Verifique se o seu cartão oferece esse seguro e as condições de uso.

Comparar Preços e Efetuar a Reserva

A maneira mais fácil de procurar e escolher uma locação de veículos é através dos grandes portais de comparação de preços. O que nós utilizamos e recomendamos é a Rentcars.com.

Através da a Rentcars.com você compara o preço e as condições de locação de veículo em mais de 100 locadoras e em mais de 140 países. Além disso, colabora para que possamos produzir mais conteúdos a você leitor.

Depois de escolher as datas e local de retirada e entrega o sistema de pesquisa retornará as opções de veículos disponíveis, por categoria. É possível filtrar o resultado da busca e escolher apenas os resultados de uma determinada locadora, categoria ou características de veículo.

Para continuar, você não precisa ter um cadastro, mas precisará informar os dados do condutor e de pagamento. Esse pagamento será em reais, sem surpresa com o câmbio ou cobrança de IOF. Além disso, é possível parcelar a compra, sem juros! Se a retirada do carro for em um aeroporto, informe o número do voo: isso é importante para a locadora manter a reserva em caso de atraso no voo.

Pronto! Sua reserva será confirmada e a Rentcars.com enviará o voucher para ser apresentado no momento da retirada do veículo.

Alterações e Cancelamento

Depois de confirmada a reserva pela Rentcars.com é possível alterar a data, local de retirada ou entrega, grupo ou categoria do veículo, adicionar ou remover proteção ou adicionais. Em caso de cancelamento poderá haver a cobrança de alguma taxa. Estas informações poderão ser obtidas antes de finalizar a sua reserva.

Em caso de dúvidas ou se precisar de informações, a RentCars.com possui uma central de atendimento em português.

Retirada do Veículo na Locadora

Chegue no horário marcado para retirar o veículo. Se você chegar muito antes o veículo poderá não estar ainda disponível. O mesmo vale para atrasos. Dependendo de quanto tempo você atrasar, a locadora poderá não garantir o veículo e você corre o risco de ficar sem carro…

Isso já aconteceu com a gente em Nova York. Para nossa sorte (e em virtude da nevasca que pegamos) a Budget nos ofereceu um upgrade gratuito (para nossa segurança, por causa da nevasca). Alugamos um Impala e nos deram uma Grand Cherokee. Então, procure chegar no horário ou você poderá correr o risco de ficar sem carro…

No Balcão da Locadora

Ao chegar ao balcão da locadora apresente o voucher, sua habilitação (em alguns casos é necessário apresentar também a PID – Permissão Internacional pada Dirigir – que poderá ser solicitada junto ao Detran do seu estado), o passaporte e um cartão de crédito internacional em seu nome.

O atendente irá muito provavelmente tentará oferecer um upgrade (pago!), seguros extras (pago!) e proteções adicionais (pago!). Se não desejar esses “extras”, basta dizer que não quer!. Se o atendente insistir, insista também que não quer. Ele vai acabar desistindo (ou convencendo você que esses “extras” são importantes).

Lembre-se que qualquer inclusão e pagamento de “extras” obrigatórios serão informados no momento da reserva e não no balcão da locadora. Não aceite que o atendente empurre adicionais como a justificada que “são obrigatórios”. As locadoras sérias não utilizam esse tipo de estratégia e, mesmo que aconteça, nossa sugestão é a de que você não aceite esse tipo de abordagem.

Depois que você confirmar as informações e assinar o contrato, o atendente indicará o local para a retirada do veículo. Normalmente poderão ocorrer duas situações diferentes com relação a retirada:

  1. O cliente escolhe o veículo. Nos grandes aeroportos, como em Orlando e em Miami, após assinar o contrato você deve seguir até o local onde estão estacionados os veículos da locadora. Lá, um outro atendente mostrará o local dos veículos da categoria que você alugou. Você poderá escolher qualquer veículo estacionado que pertença àquela categoria. Normalmente são veículos de marcas, modelos e cores diferentes. Escolha o que mais gostar. As chaves estarão dentro do carro. É só entrar no carro, dar a partida, dirigir até a cabine de saída. O funcionário vai conferir se o carro é da categoria que você alugou. Pronto! É só seguir viagem. Simples assim!
  2. A locadora escolhe o veículo. Esta situação acontece normalmente em lojas menores, fora dos aeroportos. Neste caso, ao terminar o atendimento e assinar o contrato o atendente indicará o local para retirar o veículo. Você aguardará que o veículo chegue. O funcionário então entregará a você as chaves. Confirma as condições do veículo (riscos, amassados, sujeira) e caso encontre algo errado peça para que essa informação seja lançada no documento de retirada. Aí, é só entrar no veículo e seguir viagem…

Devolução do Veículo

Você tem até o dia e hora indicados na reserva para fazer a devolução do veículo. Caso o veículo seja devolvido com atraso poderão ser cobrados valores extras pelas horas adicionais de locação.

Ao chegar ao local da devolução o funcionário da locadora irá inspecionar visualmente o veículo (condições dos pneus e estepe, amassados e riscos na lataria, para choques e lanternas) e a quantidade de combustível marcada. Se tudo estiver certo ele irá imprimir um comprovante de entregada. Simples assim!

Combustível

O padrão das locadoras é retirar e entregar o veículo com o tanque de combustível cheio. Será então necessário abastecer o carro antes de devolve-lo à locadora. Mas isso não significa que você precisa abastecer no posto ao lado do aeroporto ou da loja da locadora. Faça isso com calma, em qualquer posto da região. Não será por você ter percorrido 10 milhas que será cobrado pelo galão de combustível que gastou entre o posto e o aeroporto.

Se você for um simples mortal como eu e não alugou um veículo de luxo, você irá abastecer o carro com combustível comum (regular), chamado de unleaded gasoline.  Nada de abastecer com combustível especial ou “premium”. As locadoras inclusive orientam seus clientes a apenas abastecer com combustível comum.

Se por acaso você esquecer de abastecer o veículo antes de devolvê-lo, a locadora irá completar o tanque e cobrar de você o valor desse abastecimento. Nesse caso, o valor do litro do combustível será mais alto do que o cobrado nos postos de gasolina…

Agora que você já sabe tudo sobre como alugar um carro, que tal aproveitar para pesquisar os melhores preços?


Ficou alguma dúvida? Fale com a gente. Teremos o maior prazer em planejar a viagem perfeita para você!

Deixe uma resposta