Turismo Cemiterial e em Lugares Inusitados

Olá Viajante,

Essa semana vi um vídeo de um youtuber que acompanho em que ele comenta sobre gostar de visitar cemitérios e pergunta se isso é uma particularidade dele ou se outras pessoas também gostam de fazer turismo em cemitério.

Pois é exatamente esse o assunto de nosso post de hoje: turismo em lugares inusitados!

Você pode ter certeza que existem diversos lugares inusitados, que muitos poderão classificar até de “macabros”, para se fazer turismo. Alguns deles eu já visitei, outros ainda tenho que conhecer e há ainda outros tantos que quero passar longe.

Cemitério da Recoleta em Buenos Aires

Cemitério do Père-Lachaise

Paris tem alguns passeios que podem ser tachados de macabros. Visitar o Cemitério do Père-Lachaise é o primeiro deles. Nesse cemitério, que tem mais de 200 anos e é um dos mais famosos do mundo, estão enterradas várias personalidades, dos mais variados meios, como políticos, artistas e filósofos. Destacamos entre eles Balzac, Eugène Delacroix, Alan Kardec, Benjamin Constant, Molière, Oscar Wilde, Jim Morrison, Edith Piaf e Chopin.

Além dos “famosos”, chama a atenção a arquitetura e criatividade das lápides, estátuas e jazigos, além dos jardins e monumentos do cemitério.

O cemitério fica na 8 Boulevard de Ménilmontant. É possível fazer um tour virtual pelo cemitério através do endereço https://pere-lachaise.com/en/.

Catacumbas de Paris

Ainda em Paris, outra visita que pode ser chamada de “sinistra” é no subsolo da cidade: descer os 131 degraus até as Catacumbas de Paris (depois serão mais 112 degraus para subir até o nível da rua). O tour explora os corredores que levam aos ossos de mais de seis milhões de pessoas (calcula-se que o ossuário das catacumbas de Paris tenho ossos de 5 a 7 milhões de pessoas).  A história sobre a criação do ossuário tem a ver com a falta de espaço para se enterrar os mortos da cidade. Diante desse falta de espaço, nos século 18 e 19 foi feita a transferência dos ossos dos antigos cemitérios desativados para o novo espaço.

As catacumbas foram abertas para visitação em 1867 e possuem quase 2 quilômetros de corredores.  É possível fazer o tour por conta própria ou através de visitas guiadas. O ingresso custa 29 euros para adultos e 5 euros para crianças (de 4 a 17 anos) e pode ser comprado em http://catacombes.paris.fr/catacumbas-de-paris.  A duração aproximada do passeio varia entre 45 minutos e duas horas, de acordo com o seu ritmo e interesse.

Quer fazer a visita às catacumbas sem enfrentar filas? O tour guiado sem filas  custa US$ 106 por pessoa e poderá ser pago em reais, ainda no Brasil, com opção de parcelamento. Para fazer sua reserva, fale com a gente!

Normandia

E já que estamos falando sobre a França, que tal misturar história com lugares inusitados? Então você precisa visitar a Nomandia! As praias no norte do país foram ponto de desembarque das tropas aliadas durante a Segunda Guerra Mundial. A Invasão da Normandia, também conhecida como “Dia D”, aconteceu em 6 de julho de 1944 e foi crucial para a derrota de Hitler pelos exércitos aliados.  Calcula-se que mais de 5 mil soldados tenham morrido no dia da invasão.

Você pode fazer o passeio pela Normandia por conta própria (o mapa abaixo ajuda a conhecer os pontos de interesse na região) ou poderá fazer um Tour Guiado, com saídas a partir de Paris e de outras regiões da França.

Aqui selecionamos algumas opções de Tours pela Normandia que poder ser reservados com a gente. Para fazer sua reserva, fale com a gente!

Caçar Fantasmas

A primeira vez que Tours Fantasmas chamaram minha atenção foi em uma viagem que fizemos para San Diego. Em Old Town encontramos alguns grupos de Caça-Fantasmas e ofertas de Tours pela cidade. Pois não é que depois disso descobrimos que várias cidades tem seus próprios tours de caça-fantasmas?

Caça-fantasmas em Barcelona: O tour guiado custa 18 dólares, tem duração de duas horas, visita os bairros de Sant Pere, Santa Catarina e La Ribera, sempre acompanhado do guia contanto histórias e curiosidades sobre os locais visitados.

Galerias assombradas e cemitério de Edimburgo: A Inglaterra também tem seus passeios para caçar-fantasmas. Nesse tour, que custa US$ 25 e tem duração de uma hora e meia,  você vai visitar Greyfriar’s Kirkyard, que abriga o famoso Grayfriar’s Bobby e as Galerias da South Bridge na Niddry Street.

Ghosts and Gravestones San Diego Frightseeing tour: é claro San Diego, a cidade em que vimos pela primeira vez esse tipo de tour, não poderia ficar de fora desse guia! Por isso selecionamos esse tour, que tem duração aproximada de uma hora e custa US$ 50. O tour guiado, que acontece sempre a noite, começa em Pioneer Park. A excursão a pé continua por Old Town, caminhando pelo Cemitério El Campo Santo e termina na Whaley House, uma das casas mais assombradas dos Estados Unidos.

Investigação Paranormal no Wolf Creek Inn – Ainda nos Estados Unidos, no Estado do Oregon, selecionamos esse outro tour, que inclui uma noite no hotel Wolf Creek Inn. No tour, que custa US$ 250, você irá participar de uma investigação paranormal de verdade! O check-in no hotel será feito a partir das 15h, com check-out às 11 da manhã do dia seguinte. A caça aos fantasmas acontece das 18h30 até às 22h.

Passeio de Ônibus Fantasma por Londres: o tour custa US$ 35 e tem duração aproximada de uma hora. Durante o passeio o guia apresentará a história (oficial e espiritual) de diversos pontos turísticos da cidade: Tower Bridge, St. Paul’s Cathedral, Trafalgar Square, Abadia de Westminster, Casa do Parlamento, Catedral de Southwark e Fleet Street. O tour começa e termina da The Ghost Bus Tours.

Além de tours sobre fantasmas, outros destinos tem passeios com uma pegada mais “sombria”, como os que selecionamos abaixo:

Apian Way e Catacumbas de Roma: esse tour guiado começa no centro de Roma, quando os visitantes serão transportados para a Via Ápia, uma das estradas mais antigas e importantes da Rom antiga, nos arredores da cidade. Em seguida a visita será nas Catacumbas de San Callisto ou San Sebastiano. As Catacumbas da San Callisto foram construídas no século 2 e batizadas com o nome do diácono São Calixto, enquanto San Sebastiano é um pequeno cemitério cristão e uma das catacumbas mais acessíveis de Roma. O visitante irá explorar os túneis subterrâneos com o guia, ouvir as histórias sobre o lugar e as técnicas de sepultamento da época. Depois de conhecer os antigos aquedutos, o tour termina com retorno ao centro de Roma. A duração do tour é de aproximadamente três horas e custa US$ 70 por pessoa.

Dublin Glasnevin: A Irlanda também tem passeios sinistros! Selecionamos esse, onde o visitante irá conhecer o Cemitério de Glasnevin, em Dublin. Durante o passeio o guia irá contar histórias e feitos dos muitos personagens sepultados por lá. Tente fazer o tour na parte da tarde, quando possivelmente poderá assistir a uma das encenações que acontecem lá às 14h30, quando um ator recita discursos e poesias, vestido trajes antigos. O passeio inclui também a entrada para o Glasnevin Cemetery Museum. De de junho a novembro, no último domingo de cada mês, acontece no cemitério o Women’s Tours, quando o visitante poderá ouvir a história de mulheres irlandesas famosas, como Delia Larkin e Charlotte Despard. O tour guiado custa US$ 18 e tem duração de 1 hora e meia.

Arlington National Cemetery: embora não seja o mais visitado, talvez essa seja o cemitério mais conhecido do mundo, graças principalmente a Hollywood. Localizado nos arredores de Wahington DC, o cemitério de Arlington ocupa uma área de 253 hectares. Lá estão sepultados heróis de guerra, incluindo os mais de 400 mil veteranos militares e suas famílias, de cada conflito norte-americano, a partir da Guerra de Secessão. Embarque no transporte panorâmico disponível e visite o Memorial da Guerra da Marinha dos EUA, o Memorial da Guarda Costeira dos EUA, Memorial de Robert E Lee, o Memorial Anfiteatro, o Túmulo do General John J. Pershing, além da Eternal Flame, onde o Presidente John F. Kennedy está sepultado junto com Jacqueline Kennedy Onassis. O tour custa US$ 17 e o tempo do passeio sugerido é de 2 a 9 horas.

Excursão subterrânea à Kiev: O Leste Europeu também tem tour para quem é corajoso. Separamos esse, que visita o subterrâneo de Kiev, capital da Ucrânia. O tour custa US$41 e tem duração aproximada de duas horas. O passeio começa no metrô “Dnipro”, quando as 10 da manhã o grupo inicia a caminhada de quase um quilômetro pelo subterrâneo da cidade. No tour, o visitante irá explorar diferentes tipos de túneis, conhecer a maior cachoeira subterrânea da cidade, descobrir como é estar na completa escuridão e no silêncio absoluto. Irá aprender ainda sobre o mundo subterrâneo de Kiev e a exploração urbana no período pré e pós União Soviética. Para o tour, cada visitante receberá tochas, luvas e botas de borracha de cano longo (do conjunto de vestuário de proteção militar soviético).

Excursão de dia inteiro para Chernobil e Pripyat: Já que falamos sobre um passeio nos subterrâneos de Kiev, outro tour que chama a atenção na Ucrânia (ainda mais agora depois da série Chernobyl exibida pela HBO) é esse, que tem saída diária de Kiev e visita a cidade de Pripyat e a região da usina nuclear de Chernobyl. O passeio inclui as seguintes visitas: campo da brigada 25 de proteção contra radiação-química e bacteriológica;  posto de controle da Zona “Dytyatki”;  vila abandonada de Zalissja;  vila eliminada de Kopachi;  unidade recarregada de concreto, que foi essencial para montagem do sarcófago sobre a usina; a Floresta Vermelha descontaminada, localizada nos piores vestígios – primeira – liberação da radiação diretamente após a explosão; a cidade abandonada de Pripyat, que já teve uma população de 50 mil pessoas; o NPP de Chernobil e o sarcófago; alimentando bagres no lago de resfriamento; o objeto soviético secreto, Chernobil-2 (o radar “DUGA-1”); a cidade de Chernobil, e os monumentos do mundo aos heróis de Chernobil e da exposição ao ar livre de veículos que participaram da atenuação do acidente; estação de bombeiros da cidade de Chernobil. O tour, que tem saída a partir dos principais hotéis de Kiev, dura o dia inteiro e custa US$ 117 por pessoa.

Algumas observações sobre o Tour para Chernobil: o aluguel de dosímetro de radiação ionizante (contador Geiger) está disponível por US$ 10. As regras de permanência na Zona de Exclusão proíbem comer, beber e fumar ao ar livre; você não poderá tocar em objetos, como edifícios, árvores, plantas ou recolher qualquer item de origem vegetal das florestas e jardins dos assentamentos abandonados. Além disso, é proibido sentar ou colocar pertences e objetos pessoais como câmeras fotográficas e de vídeo, bolsas ou mochilas no chão. Para fazer o tour o visitante também precisa seguir um código de vestimenta em que apenas é permitido usar roupas com mangas compridas (casacos e camisas), calças e sapatos confortáveis fechados. Não é permitido o uso de roupas curtas, como bermudas, saias e vestidos ou camisas e camisetas de mangas curtas.

Turismo Cemiterial

Já ouviu falar sobre turismo cemiterial? Além dos artistas, pessoas famosas e celebridades que já morreram, passear pelos cemitérios, ou fazer “Turismo Cemiterial”, tem também outras facetas. Visto por outro ângulo, pode ser uma oportunidade para conhecer e buscar outros valores nesses locais, como interesses históricos, culturais, artísticos e urbanísticos. São grandes exemplos desses valores os jardins, monumentos, esculturas, obras de arte e registros históricos, que representam e mantém aspectos culturais de uma determinada região ou época. Já pensou sobre isso?

Selecionamos abaixo alguns cemitérios que conheço e que podem ajudar a despertar em você um lado turístico que poderia desconhecer até agora…

Cemitério São João Baptista: é claro que não poderia deixar de fora o cemitério mais conhecido da cidade em que vivo! Inaugurado em 1852 por  D. Pedro II, o Cemitério São João Baptista fica em Botafogo, na Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro. Um detalhe bizarro: o cemitério foi o primeiro do Brasil a ser totalmente mapeado pelo Google Street View. Entre as pessoas famosas enterradas no São João Baptista estão as cantoras Carmen Miranda, Clara Nunes e os cantores Cazuza, Vinicius de Moraes e Tom Jobim, além dos escritores Machado de Assis e Guimarães Rosa. Ali também repousa o inventor Santos Dumont e o animador e apresentador Chacrinha. Estão enterrados lá  também sete ex-presidentes: Artur Bernardes, Artur da Costa e Silva, Emílio Garrastazu Médici, Eurico Gaspar Dutra, Floriano Peixoto, José Linhares e Nilo Peçanha. Visitas guiadas gratuitas acontecem mensalmente e poderão ser agendadas por e-mail ou telefone. Para mais informações acesse http://concessionariariopax.com.br/project/cemiterio-sao-joao-batista/.

Cemitério da Consolação: Também não poderia deixar de lado o cemitério que na minha opinião divide com o do Araçá o título de melhor cemitério para se visitar em São Paulo: o da Consolação. Em funcionamento desde 1858 (apenas seis anos após D. Pedro II ter inaugurado do Cemitério São João Baptista no Rio de Janeiro) o Cemitério da Consolação é o mais antigo em São Paulo e já foi até local de encenação de peça teatral. Entre os famosos enterrados na Consolação estão Tarsila do Amaral, Mário de Andrade, Monteiro Lobato, Jorge Street, Armando Bógus, membros da família Matarazzo (o maior mausoléu da América Latina), Paulo Vanzolini, Paulo Goulart, Marquesa de Santos e Ramos de Azevedo. A arquitetura dos jazigos e esculturas, como como o “Grande Anjo” de Vitor Brecheret e “Anjo da Guarda” de Enrico Bianchi, também são destaques para os visitantes. Um guia de visitação do Cemitério da Consolação está disponível no site da Prefeitura de São Paulo.

Cemitério da Recoleta: Construído em 1822, o mais famoso cemitério da Argentina já é point obrigatório dos turistas que visitam Buenos Aires. Sem sombra de dúvidas o túmulo campeão de visitas no cemitério é o de Eva Perón. Se você deseja fazer um tour voltado para a vida de “Evita“, que tal esse? O túmulo de Eva Perón não é o dos mais empolgantes do cemitério. Mas o lugar merece uma visita mais atenta em outros pontos, como por exemplo o do túmulo de Liliana Crociati, uma jovem de 26 anos que faleceu de maneira trágica em 1970 durante sua lua de mel. Seus pais então construíram um jazigo que reproduz o quarto dela.

Cemitério da sua Cidade: há muitas peguntas (e respostas) que podem ser feitas sobre o cemitério da cidade em que você vive. Você já passeou no cemitério da sua cidade? Observou o que está escrito nas lápides? Em que ano a pessoa foi sepultada? Faleceu com que idade? Qual a pessoa mais antiga enterrada lá? Há alguma escultura que chamou a sua atenção? Ela diz alguma coisa sobre a pessoa que está enterrada lá? Não importa o tamanho da cidade em que você mora ou o tamanho do cemitério. Você poderá descobrir muitas histórias incríveis das pessoas que lá repousam, por mais simples que a sepultura possa parecer. Pense nisso…

Cemitério nos fundos da Igreja Matriz de Santo Antonio, em Tiradentes – MG

O que você acha desse tipo de turismo? Chama a sua atenção ou você foge desse tipo de passeio? Conta pra gente nos comentários…

Ficou animado para viajar? Gostou de algum dos passeios que mostramos nesse post? Fale com a gente. Teremos o maior prazer em ajudar a escolher e reservar o passeio perfeito para você.

Deixe uma resposta